Cropped Cropped Tumblr Static Tumblr Static Garota Lendo Um Livro

LEITURA E QUALIDADE DE VIDA! A importância das bibliotecas e da formação de leitores reflexivos e críticos

Como viver com qualidade de vida sem a leitura??

Utilizamos a leitura em vários locais e com diversas finalidades em nossas vidas: no trabalho, na escola, no lazer ou em casa. A formação do leitor inicia-se na atual sociedade antes mesmo do ambiente escolar, pois no âmbito escolar encontramos a possibilidade de diversificarmos o conhecimento.images-4 LEITURA E QUALIDADE DE VIDA! A importância das bibliotecas e da formação de leitores reflexivos e críticos

O ato de ler não pode ser delegado somente à escola, deve ser uma parceria entre escola e família.
Todos os pais devem se preocupar com a formação leitora do seu filho e qual a importância da leitura para a formação cidadã?Como ter formação do leitor crítico e reflexivo? Estas preocupações têm se manifestado nos últimos tempos em ações que, de alguma forma, objetivam oferecer suporte ao ensino de leitura nas escolas.

Partindo desse princípio, vemos a urgência de se apresentar para os nossos descendentes e estudantes uma leitura que norteie seu posicionamento e que seja capaz de resultar no leitor que compreende a essência do texto, estabelecendo relações com o autor do mesmo e preenchendo as lacunas que possivelmente possam surgir no ato de ler.

De acordo com Kuenzer (2002, p. 101), “Leitura, escrita e fala não são tarefas escolares que se esgotam em si mesmas; que terminam com a nota bimestral. Leitura, escrita e fala – repetindo – são atividades sociais, entre sujeitos históricos, realizadas sob condições concretas”, promovendo a formação do sujeito crítico e reflexivo, uma vez que é através do desenvolvimento dessas habilidades que os estudantes podem posicionar-se em situações, sejam elas cotidianas ou não, com autonomia. porem cabe a escola e a sociedade a tarefa de oportunizar ao estudante situações que o façam pensar e ter senso critico desenvolvido para decidir seu posicionamento frente a sociedade.

images-2 LEITURA E QUALIDADE DE VIDA! A importância das bibliotecas e da formação de leitores reflexivos e críticos

As bibliotecas tem papel fundamental no desenvolvimento leitor do cidadão, pois disponibiliza e oportuniza o acesso a leitura e apresenta materiais para a formação cultural do indivíduo, ou seja, “[…] ter acesso fácil a bibliotecas é condição para a verdadeira ação cultural que deve ser implementada na sociedade” (SILVA, 1991, p.79-80), atividade leitora que pode contribuir para a formação do sujeito e também determina a sua condição de atuante no seu meio sociocultural.
Por isso, é importante apresentar ao leitor, situações de aprendizagem voltadas para o caráter libertador do ato de ler em que “o leitor se conscientiza de que o exercício de sua consciência sobre o material escrito não visa o simples reter ou memorizar, mas o compreender e o criticar” Silva (1991, p. 80).

Reforçando o que já apresentamos acima, Kuenzer (2002, p.101),nos diz que: “ler significa em primeiro lugar, ler criticamente, o que quer dizer perder a ingenuidade diante do texto dos outros, percebendo que atrás de cada texto há um sujeito, com uma prática histórica, uma visão de mundo (um universo de valores), uma intenção”.
A leitura crítica é geradora de significados, em que ao ler, o leitor cria seu próprio texto com base no que foi lido, concordando ou discordando da ideia principal. Isto faz com que seja diferenciada da decodificação de sinais, para servir de resposta aos questionamentos feitos a respeito do que estava escrito, “[…] como atividade constitutiva de sujeitos capazes de interligar o mundo e nele atuar como cidadãos” (LAJOLO, 1998, p. 22).

Para Lajolo (1998, p. 17) “O ato de ler é um processo abrangente e complexo; é um processo de compreensão, de intersecção de mundo que envolve uma característica essencial e singular ao homem: a sua capacidade simbólica e de interação com o outro pela mediação da palavra”. Compreendemos, então, que ler não é uma tarefa fácil, uma vez que se trata de capacidades humanas que muitas vezes encontram-se adormecidas, e reavivá-las requer tempo e estratégias atrativas o suficiente para atrair o leitor.images-1 LEITURA E QUALIDADE DE VIDA! A importância das bibliotecas e da formação de leitores reflexivos e críticos

Para tanto, um texto não pode ser compreendido como algo pronto e acabado, pelo contrário, deve ser entendido como uma estrutura em acabamento, com lacunas, e que necessita que alguém o complete e atribua um caráter significativo.

O leitor precisa ser visto como peça fundamental no processo de leitura e na interação leitor-texto.

Essa postura proporciona ao cidadão um desenvolvimento do raciocínio crítico em qualquer uma das áreas de conhecimentos.
Observamos que a leitura deve se apresentar como uma necessidade, um gosto para despertar o prazer para que ele possa absorver e aprender cada vez mais além de desenvolver suas competências leitoras.
Nessa concepção, a sociedade precisa rever seus conceitos e ter definido que tipo de leitor quer e precisa, essa luta pode chegar ainda a sensibilização dos leitores diante da necessidade de ler e compreender o que se estar lendo. Uma vez que terá significância para a vida e para o trabalho, desta forma melhorará sua qualidade de vida.

Referências:
KUENZER, Acácia (Org.). Ensino Médio: Construindo uma proposta para os que vivem do trabalho. 3ª ed. Cortez, 2002.
LAJOLO, Marisa. Do mundo da leitura para a leitura do mundo. São Paulo: Ática, 2010.
SILVA, Ezequiel Theodoro. O ato de ler: fundamentos psicológicos para uma nova pedagogia da leitura. 5ª ed. São Paulo: Cortez: Autores Associados, 1991.

Artigo escrito por Noeli Viapiana

Bibliotecária e Mestranda UDESC em Gestão de Unidades de Informação

 

Se você também deseja colaborar com nosso Blog e expor seus artigos, ideias e sugestões,saiba mais aqui.

Veja mais sobre nossas linhas de produtos aqui. E para mais informações se cadastre aqui.

Não se vá...

Receba nossas
novidades.

Inscreva-se!

Inscrever
Não enviamos SPAM!