Container Com Letras

BH Inovando: mais de 12 mil livros para levar para casa DE GRAÇA; pegue um ou deixe outro

Se você é um apaixonado por livros não pode deixar passar essa oportunidade! Em BH, dois containeres com livros DE GRAÇA estão à disposição do público! É isso mesmo: chega, escolhe e leva pra casa! Um está localizado no bairro Santo Agostinho e o outro na Esplanada do Mineirão. Cada pessoa pode levar pra casa entre 2 e 3 livros.

O container do bairro Santo Agostinho está parado no Halll da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).  Cerca de 15 mil livros estão disponíveis para os visitantes escolherem e levarem pra casa. No local, o projeto  funciona até o dia 23 de julho, das 10h às 19h. Em pouco mais de quatro dias de funcionamento, cerca de mil pessoas já passaram por lá.

Já o da Esplanada do Mineirão possui cerca de 12 mil obras no acervo. O container já está nesse local há mais de 70 dias, recebendo cerca de 130 pessoas por dia. Você pode ir lá e escolher o seu livro de segunda a sexta, das 16h às 21h; e sábados e domingos, das 14h às 21h.

Os dois containeres, com seis metros de comprimento, são estruturados com ar-condicionado, computador, internet e espaço para leitura. Além de receberem programações culturais em algumas datas, como lançamento de livros, contação de histórias, música, entre outros. Os espaços também recebem doações de livros.

18156481_1120586231375471_541507902856530715_o-850x638 BH Inovando: mais de 12 mil livros para levar para casa DE GRAÇA; pegue um ou deixe outro

Projeto Container com Letras na Esplanada do Mineirão (Divulgação/Facebook Container com Letras)

Projeto Container com Letras

O projeto “Container com Letras” surgiu em outubro de 2016, com a iniciativa de Giane Drummond, Wiler Guerra e Fagner Diniz. Tudo começou com a doação de 1000 livros da biblioteca particular de uma amiga de Giane. Desde então, já possuem um acervo com 45 mil livros.

O curioso é que todos os livros recebidos não são catalogados. Nos containers são colocados de forma aleatória propositalmente. “A intenção é não ser mais uma biblioteca. E sim, um espaço que incentive o público a ler. Para as pessoas chegarem e procurarem o que gostam em meio a tantos títulos. E quem sabe, enquanto se procura por um livro de gastronomia, por exemplo, esbarrar com um Machado de Assis que desperte a atenção”, comenta Giane Drummond, coordenadora do  projeto.

A biblioteca de compartimento já passou pelo bairro Alípio de Melo e pela cidade do Rio de Janeiro. Futuramente, as instalações devem seguir para Praça da Liberdade e para o Shopping Contagem.

Fontes: BHAZ | Blog CRB-6

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não se vá...

Receba nossas
novidades.

Inscreva-se!

Inscrever
Não enviamos SPAM!